EN PT

Ciclo temático "Leituras críticas sobre a experiência da cidade" | Sessão Especial "Double Bill: Apropos London"

04 de Junho de 2018

Grupo Arte, Crítica e Experiência Estética | Ciclo temático "Leituras críticas sobre a experiência da cidade" - Sessão Especial "Double Bill: Apropos London"

 

10h00-13h00 

- Graeme Gilloch (Lancaster University, UK), “Apropos London: ‘city symphonies’ and ‘poetic journeys’ / A propósito de Londres: 'sinfonias urbanas' e 'passeios poéticos'”

Sala 0.06 - Edifício I&D, piso 0 - FCSH, Av. de Berna, 26, Lisboa

 

15h00-18h00 

- Film screening / Visionamento de London de Patrick Keiller (1994)
- Presentation by / Apresentação de Inês Sapeta Dias (Arquivo Municipal de Lisboa - Videoteca), "Ruins and fragments in the Lisbon of the Portuguese cinema in the 90's / Ruínas e fragmentos na Lisboa do cinema português dos anos 90"
- Discussion with / Discussão com Graeme Gilloch e Maria Filomena Molder

Arquivo Municipal de Lisboa - Videoteca, Largo Calvário, 2, Lisboa (edifício de A Promotora)

 

Abstracts / Resumos:

Graeme Gilloch: Alex Barrett’s acclaimed monochrome documentary London Symphony: A Poetic Journey through the Life of a City (2017) provides the occasion here for a critical exploration and reconsideration of the city symphony form as inaugurated back in the 1920s by Walter Ruttmann’s pioneering modernist film Berlin-Sinfonie einer Großstadt  (1927). Situating Barrett’s film in three key contexts – as part of a particular cinematic-historical genre; as one of numerous ‘London’ films portraying the capital; and, more widely, as a timely snapshot of this quintessential 21st century global city – the paper examines how this cinematic homage exemplifies both the aesthetic merits and the political deficiencies of the city symphony idea. To this end, I draw upon Ruttmann’s most insightful and prescient critic – Siegfried Kracauer – to appreciate and to interrogate this self-styled ‘poetic journey’ of a man with a digital movie camera through the contemporary metropolis. 

O aclamado documentário a preto e branco de Alex Barrett, London Symphony: A Poetic Journey through the Life of a City (2017) dá-nos a oportunidade de fazer uma exploração crítica e de reconsiderar o género da sinfonia urbana, tal como foi inaugurado nos anos 20 pelo filme modernista de Walter Ruttmann, Berlin-Sinfonie einer Großstadt (1927). Situando o filme de Barrett em três contextos chave - como parte de um género histórico-cinematográfico particular; como um dos inúmeros filmes 'London' que retratam a capital; e, de forma mais lata, como um retrato oportuno desta metrópole global típica do século XXI - o capítulo analisa como é que esta homenagem cinematográfica exemplifica tanto os méritos estéticos como os defeitos políticos da ideia de uma sinfonia urbana. Com este propósito, baseio-me no mais perspicaz e inspirado crítico de Ruttmann - Siegfried Kracauer - para avaliar e interrogar este autoproclamado "passeio poético" de um homem com uma câmara de filmar digital pela metrópole contemporânea.

Inês Sapeta Dias: “He said that London was now a city of fragments that were no longer organized around the center and that if we were to find modernity anywhere it would be in the suburbs. And so it was that we returned to the valley of the river Brent.”
This presentation will happen in two steps. First, and right after the projection of London, by Patrick Keiller (1994), we will follow the concepts of fragment and ruin as they are activated in the film (which is a cartography guided by quotations, from where the quotation above was taken). And afterwards we’ll follow the ways in which the same themes – ruin and fragment – take part in the Lisbon of Portuguese cinema, mostly in the (same) 90’s: from the literal inclusion of the Chiado ruins in the texture of some films as Três Palmeiras (João Botelho, 1994) or Recordações da Casa Amarela (João César Monteiro, 1989); to the ruin as the image of a certain experience of the city – a fragmented experience that in films like Os Mutantes (Teresa Villaverde, 1998) ends in an expulsion of the characters from the center (of the city and of the shot).

“Disse que Londres era agora uma cidade de fragmentos que não estavam já organizados à volta de um centro e que se viéssemos a encontrar a modernidade nalgum sítio, seria nos subúrbios. E foi assim que regressámos ao vale do rio Brent.”
Esta apresentação terá duas partes. Numa primeira, e logo a seguir ao visionamento de London, de Patrick Keiller (1994), seguiremos as noções de fragmento e ruína tal como são jogadas nesse filme (que é uma cartografia guiada por citações, de que se retirou a citação cima). Numa segunda parte a proposta é a de abordar os modos pelos quais os mesmos temas - ruína e fragmento – se jogam em Lisboa tal como é tratada pelo cinema português, sobretudo nos (mesmos) anos 90: desde a inclusão, literal, das ruínas do Chiado na textura de alguns filmes como Três Palmeiras (João Botelho, 1994) ou Recordações da Casa Amarela (João César Monteiro, 1989); até à ruína como a imagem de uma certa experiência de cidade – experiência irreconciliavelmente fragmentada que em filmes como Os Mutantes (Teresa Villaverde, 1998) culmina numa expulsão das personagens para fora do centro (da cidade e do plano).

Voltar para a página anterior


Robert Clowes é keynote speaker na 4th Avant Conference

4th Avant Conference 2019

24 de Outubro de 2019

Kant Reading Group

Inês Salgueiro, "From Hume to Kant via Wittgenstein"

11 de Outubro de 2019

O corpo na arte e na filosofia tropicalistas: os triunfos e desafios do modernismo brasileiro até agora

CultureLab

08 de Outubro de 2019

Kant Reading Group

Sofia Miguens, "I, Me, Mine - Back to Kant, and…

27 de Setembro de 2019

Gratuitous Violence & Free Will in a Nihilistic Age

International Conference on Gratuitous Violence & Free Will in a…

19 de Setembro de 2019

EPLab Masterclass Series

Jeff McMahan - "Future People, Climate Change, and War"

12 de Setembro de 2019

THE STATUS OF ACADEMIC FREEDOM

Conferência Internacional THE STATUS OF ACADEMIC FREEDOM

10 de Setembro de 2019

7ª sessão do Seminário Permanente em Cinema e Filosofia

André Silva Santos apresenta Moses und Aron (Straub-Huillet, 1975) e…

23 de Julho de 2019

Kant Reading Group

António Marques, "Kant against the Animals"

19 de Julho de 2019

Ethics and Political Theory Reading Group

Olivier Chassaing, "The Expressive Function of Punishment"

26 de Junho de 2019

EPLab Masterclass Series

Nuria Sánchez Madrid, "Linhas de fuga da comunidade estética e…

21 de Junho de 2019

Kant Reading Group

Nuria Sánchez Madrid, "Oeuvre de l'Art et Oeuvre d'Art"

21 de Junho de 2019

Ethics and Political Theory Reading Group

Per Algander, "Needing and Necessity"

05 de Junho de 2019

Ethics and Political Theory Reading Group

Regina Queiroz, "European Liberalisms: An Essay in Comparative Political Thought"

23 de Maio de 2019

Ethics and Political Theory Reading Group

Roberto Merrill, " "Ethically justifiable? Free riding versus fair shares"

02 de Maio de 2019

Ethics and Political Theory Reading Group

Dina Mendonça, "Kant on the Moral Cultivation of Feelings"

17 de Abril de 2019

4ª sessão do Seminário Permanente em Cinema e Filosofia

Sérgio Dias Branco apresenta “Os Lugares da Esperança”

10 de Abril de 2019

3ª sessão do Seminário Permanente em Cinema e Filosofia

Diego Hoefel apresenta "Reinvenções Dramatúrgicas do Melodrama no Cinema Contemporâneo:…

02 de Abril de 2019

Seminário Permanente de Pensamento Antigo

CultureLab | Art(s) of Living

15 de Março de 2019

Frank Zenker, 12 March 2019, 16h

ArgLab Research Colloquium | "Why replication is your problem, too"

12 de Março de 2019

Robert Clowes, Postponed To be Re-Arranged

Lisbon Mind & Reasoning RIP Seminar | Postponed

07 de Março de 2019

Ethics and Political Theory Reading Group

Jorge Gonçalves, "A Darwinian Dilemma for Realist Theories of Value"

06 de Março de 2019

Problematising reality - encounters between art, cinema and philosophy 6

with Jean-Gabriel Périot and Alain Brossat

28 de Fevereiro de 2019

Problematising reality - encounters between art, cinema and philosophy 5

with Albert Serra and Alexander Garcia Düttmann

21 de Fevereiro de 2019

Figuras Conceptuais da Fragmentação e Reconfiguração | 2. Arquivo e Atlas: João Oliveira Duarte e Nélio Conceição

CultureLab | Arte, Crítica e Experiência Estética

20 de Fevereiro de 2019

A catarse em Nietzsche

Aula/Palestra do prof. Ernani Chaves (Univ. Federal do Pará)

14 de Fevereiro de 2019

Ethics and Political Theory Reading Group

Giovanni Damele, "On the Rationality of Democratic Choice"

06 de Fevereiro de 2019

Erich H. Rast, 5 Feb 2019, 16h

ArgLab Research Colloquium | "Multidimensional ‘better than’"

05 de Fevereiro de 2019

Arte e Tradução

CultureLab | Arte, Crítica e Experiência Estética

29 de Janeiro de 2019

Ethics and Political Theory Reading Group

Erich Rast, "How to accept the transitivity of better than"

23 de Janeiro de 2019

Figuras Conceptuais da Fragmentação e Reconfiguração | 1. Colecção e Memória: Maria João Gamito e Claudio Rozzoni

CultureLab | Arte, Crítica e Experiência Estética

22 de Janeiro de 2019

2nd ERB Project Lecture

Wagner Teles de Oliveira

14 de Janeiro de 2019

Book Symposium

Nuno Venturinha's Description of Situations

10 de Dezembro de 2018

Seminário “Figuras da Subjectividade na Filosofia e na Literatura” | 9ª Sessão: Ana Falcato

CultureLab | Questões de Subjectividade: Filosofia e Literatura

06 de Junho de 2018

International Symposium Cinema and Philosophy: Critical May 68

CineLab | IFILNOVA - FCSH / PhD Research Project of…

29 de Maio de 2018

Seminário Nietzsche | Anthony Jensen

CultureLab | Lisbon Nietzsche Group

23 de Maio de 2018

Seminário “Figuras da Subjectividade na Filosofia e na Literatura” | 8ª Sessão: Antonio Moretti

CultureLab | Questões de Subjectividade: Filosofia e Literatura

16 de Maio de 2018

EPLAB Masterclass Series

Santoni de Sio

04 de Maio de 2018

Seminário “Figuras da Subjectividade na Filosofia e na Literatura” | 4ª Sessão: Ana Kiffer

CultureLab | Questões de Subjectividade: Filosofia e Literatura

31 de Janeiro de 2018

Seminário livre: “Figuras da Subjectividade na Filosofia e na Literatura”

CultureLab | Questions of Subjectivity: Philosophy & Literature

18 de Outubro de 2017

Instituições

FCT
FCSH